top of page
Search
  • Writer's pictureEduardo Rico

O que é TRÁFEGO PAGO e como ele pode ajudar o seu Negócio?



O tráfego pago, na verdade, corresponde aos visitantes que chegam até um site ou um perfil nas redes sociais por meio de anúncios, também chamados de mídia paga. Todo acesso que sua plataforma recebe é tráfego, seja ele oriundo de resultados de busca, de redes sociais ou de outros sites da internet.


O maior benefício em investir em Tráfego Pago está na possibilidade de direcionar seus anúncios para as pessoas certas, no momento certo em que estão procurando seu produto/serviço. Ou para o públicos específicos que têm interesse ou consomem produtos/serviços relacionados ao seu.


É possível ainda "monitorar" os acessos ao seu site e fazer com que esses visitantes recebam uma certa quantidade de anúncios do seu produto ou serviço, o que chamamos de "remarketing". Provavelmente você já procurou um produto na internet e depois, por alguns dias, este mesmo produto ficou aparecendo pra você em diversos anúncios, já aconteceu isso? Pois é, isso é remarketing e a sua empresa pode fazer também!



5 dicas para ter uma melhor performance com tráfego pago


  1. Conheça as necessidades da sua persona. Isso vai otimizar os investimentos e direcionar as campanhas de anúncios.

  2. Faça apenas anúncios verdadeiros. Conteúdos fakes ou apelativos são considerados de baixa qualidade pelas plataformas de anúncios e você pode sofrer punições se optar pelo sensacionalismo.

  3. Use o Lookalike para aumentar o alcance do anúncio para públicos parecidos. Se você possui uma lista de clientes com e-mail e/ou telefone, essa lista pode ser "upada" nas plataformas de anúncios e a ferramenta buscará clientes semelhantes a estes.

  4. Utilize técnicas de neuromarketing para aumentar a conversão. Gatilhos para compras de momento e/ou despertar de interesse podem funcionar muito bem!

  5. Deixe claro qual é a ação que espera do usuário. Evite anúncios muito misteriosos, pois isso atrai uma audiência não qualificada. Seja direto e direcione a audiência para o que ela deve fazer.

Tenho mesmo que pagar para ter visitantes no meu site?

Quando falamos de internet e Marketing Digital, tráfego pago é toda aquela audiência de um site ou blog que vem de anúncios feitos em mecanismos de busca (Google, Bing, etc.), redes sociais (Facebook, Instagram, LinkedIn, etc.) e outros sites (Taboola, Outbrain, etc.).

Ou seja, é quando você paga para que visitantes cheguem até a sua página. No entanto, não é o amigo internauta que recebe a grana que você investiu, mas sim as ferramentas citadas no parágrafo acima. “Mas eu preciso pagar mesmo?”

Embora seja perfeitamente possível ter sucesso na economia digital apostando apenas em crescimento orgânico, geralmente é preciso investir em ads (anúncios) para acelerar esse crescimento. O melhor mesmo é combinar tráfego pago e orgânico.



Como é feito o tráfego pago


Como em toda boa estratégia de marketing digital, você precisa conhecer bem o público que você pretende atingir. Conhecer o seu público-alvo e saber onde encontrá-los é a melhor estratégia que você pode tomar para conseguir mais clientes e mais visitantes

Da mesma forma, é importante que sua marca tenha um perfil adequado, ou um tom de voz que se adeque ao seu público-alvo. Ou seja, suas campanhas têm que ter um objetivo e um conceito coesos, que faça sentido e que chame atenção.

Isso nos leva a questão do formato do seu anúncio. É importante notar que diferentes públicos reagem de forma diferente à diferentes formas de anúncio.


Onde gerar o tráfego?


Bom, você já entendeu o que é tráfego pago, para que ele serve e que há diferentes formas de alcançar o seu público. Mas onde está este público e onde estes anúncios vão ser publicados?

Como sabemos, o Google e as redes sociais são os sites mais visitados da internet, recebendo milhões – e até bilhões – de acessos todos os dias, e é nessas plataformas que você deve procurar promover os seus anúncios com o tráfego pago.

Existem várias plataformas que se destacam e cada uma pode exigir uma estratégia diferente, porque elas atraem públicos diferentes. Mas existem muitas vantagens em contar com essas plataformas, sobretudo porque elas oferecem diversas ferramentas que facilitam e maximizam os seus esforços com o tráfego pago.

A principal dela é o sistema de métricas que te permite ter acesso à todas as informações sobre o seu público, seu comportamento, sua reação aos seus anúncios, características pessoais, e ainda te fornecer dados suficientes para elaborar as suas estratégias e campanhas de marketing.

Mais que isso, te permite acompanhar e analisar o sucesso dos seus esforços e o retorno dos seus investimentos, o que é perfeito para acompanhar de perto o seu desempenho e identificar possíveis pontos de melhora.

É por isso que praticamente todas as marcas estão presentes nessas plataformas, pois por meio delas é possível atingir um público enorme e elaborar campanhas versáteis, interativas e que podem gerar um retorno enorme para o seu investimento.

Vamos falar sobre os custos de se trabalhar com o tráfego pago, mas, primeiro, vamos identificar as principais plataformas para você gerar tráfego.


Plataformas utilizadas no tráfego pago


1. Google Ads


A principal plataforma de anúncios utilizada para gerar tráfego é Google ADS, que é uma plataforma do Google exclusivamente para anúncios.

Com o Google Ads você consegue ranquear a sua página nos resultados de pesquisas feitas no site. Ranquear quer dizer que sua página vai aparecer logo nos primeiros resultados quando alguém buscar por questões relacionadas ao tipo de conteúdo que você produz ou o tipo de produto ou serviço que você oferece.


2. Facebook Ads


Como já comentamos, as redes sociais estão entre os sites mais visitados no mundo todo, por isso é praticamente impossível ignorá-las quando falamos em estratégia de marketing digital e em tráfego pago.

Assim como o Google, o Facebook conta com o Facebook Ads, que é a ferramenta usada para publicar as postagens patrocinadas na rede sociais e as promover entre os seus usuários.

Aqui, as recomendações dos anúncios acontecem de acordo com o nicho, gosto e preferências de cada usuário da rede, e o próprio Facebook Ads conta com ferramentas para que você possa direcionar seus anúncios de forma segmentada para a sua audiência.



O Instagram é a rede social que mais cresce em usuários e em negócios realizados, porque a plataforma se tornou uma excelente via para gerar tráfego e conseguir mais leads e conversões. A plataforma conta com 1 bilhão de usuários ativos por mês!

Se você ainda não sabia, o Instagram pertence ao Facebook, e acabou por se tornar uma das principais plataformas de publicidade do mundo. Por contar com diversas ferramentas e um público vasto, anunciar no Instagram é uma das melhores coisas que você pode fazer.

Você pode criar anúncios em imagem e vídeo em diversos formatos, inserir links e textos e ainda contar com um Gerenciador de Anúncios, que é o gerenciador do Facebook! Você pode usar a mesma conta no Facebook Business para promover os seus anúncios nessas duas plataformas.

São várias as formas de direcionar o seu anúncio: você pode determinar para o tipo de aparelho (computador, smartphones etc.) seu cliente usa, ou determinar que sejam promovidos para usuários em determinadas localidades, entre várias outras opções de segmentação que podem te ajudar a ter uma campanha de maior sucesso no Instagram e no Facebook.


4. YouTube Ads


Outra plataforma de grande potencial é o gigante YouTube, que conta com o YouTube Ads como ferramenta para gerenciar e promover os seus anúncios.

É por aqui que você direciona os seus anúncios, que aparecem dentro dos próprios vídeos do YouTube ou como sugestão.

A vantagem é que os anúncios em vídeo chamam muita atenção e têm uma grande taxa de conversão, e você conta com as mesmas ferramentas de segmentação para orientar seus anúncios e atingir o público que você deseja.


Conte com a AGÊNCIA RICO para desenvolver a sua audiência na internet!


Fonte: RD Station.

1 view0 comments

Comments


bottom of page